5 motivos para não usar cinta no pós-parto


-Dra, me falaram que eu preciso usar cinta depois da cesárea…
-Com certeza foi um médico homem que indicou isso para uma paciente. Um homem que não tem a menor ideia de como é um pós-parto. Do que é ensinar um bebê a mamar…

E minha médica balançou a cabeça.
Depois, continuou me explicando porque eu deveria esquecer da cinta e investir em calcinhas pós-parto:

1. A cinta não tem nenhuma função. Algumas pessoas se sentem mais seguras de cinta pós-cesárea, por causa do corte. Você pode ter essa mesma segurança com muito mais conforto usando uma calcinha pós-parto ou mesmo uma calcinha maior.
2. Você vai sair da maternidade barriguda. Vai entrar com 9 meses e sair com uns 6. É NORMAL. Seus órgãos passaram os últimos meses sendo empurrados e deslocados para abrir espaço para o bebê. Vai levar um tempo para voltar tudo ao lugar. A cinta vai te deixar apertada para fazer parecer que a barriga é menor do que é. Adianta tanto quanto usar aquelas meias levanta bumbum ao invés de ir para a academia…
3. Se aperta muito, pode atrapalhar a circulação.
4. Se aperta muito, você vai deixar de trabalhar seus músculos e o feitiço pode virar contra o feiticeiro.
5. A escolha é toda sua. Mas eu te garanto que você vai ficar mais confortável com uma calcinha pós-parto. Mega sexy para o resguardo, vai…

Só fui entender a piada depois que cheguei na loja e VI o que era uma calcinha pós-parto… Hahahahahahahaha

calcinha pós-parto

Acabou que não usei. Sou do time “prefiro conforto à beleza” UM MILHÃO DE VEZES.

Sou muito incomodada com coisas me apertando – nem sutiã uso em caso. Sou calorenta, tive bebê em março…Definitivamente fiquei melhor sem.

Foco na amamentação no pós-parto!

Até logo,

Ise.


Atualização pós-segundo parto.

 

De novo, não usei cinta. Só que dessa vez a madrinha da Aurora me deu uma dica muito valiosa: calcinhas para incontinência urinária. Fiquei ainda mais confortável que com a calcinha pós-parto, até porque não fica absorvente indo para lá e para cá. E super dá conta do fluxo do pós-parto. Usei durante uns 10 dias.

 

Usei dessas.

Usei dessas. Foi ÓTIMO!


PALAVRA DE ESPECIALISTA:

Durante a gravidez, o foco das futuras mamães é garantir saúde e bem-estar do seu bebê. Depois do nascimento, muitas sofrem com problemas de autoestima, por conta das mudanças que ocorrem no corpo principalmente na região abdominal, essa região após o parto fica com aspecto flácido e inchado.

Muitas mulheres acreditam que o uso da cinta é importante para colocar a musculatura novamente no lugar, ou seja, recuperar a forma. Infelizmente não é verdade. A cinta NÃO ajuda nesse processo da forma como se imagina. Então vamos dar cinco motivos para usar a cinta e cinco motivos para não usar, a escolha é sua.

PORQUE USAR?

  • Os músculos do abdome ficam flácidos após o parto e a cinta deixa o caimento das roupas mais elegante;
  • Melhora e uniformiza o desenho da silhueta nesse período de recuperação;
  • A cinta devolve a autoestima;
  • Conforto e segurança nos movimentos;
  • Pode ser substituída por uma calcinha pós-parto mais confortável com tecido respirável e com certeza trará todos os mesmos benefícios citados acima.

PORQUE NÃO USAR?

  • Se apertar muito, pode atrapalhar a circulação e também dificultar a eliminação de gases que é bem comum no pós-parto;
  • Pode abafar a cicatriz da cesárea dificultando o processo de cicatrização e podendo aumentar o risco de infecção e até abertura dos pontos;
  • Não vai ajudar a voltar aquele abdome sarado, pelo contrário, vai te deixar apertada para fazer parecer que a barriga é menor do que parece ser.
  • A cinta não estimulará os músculos, pelo contrário, vai desestimular o uso. A cinta vai fazer o papel que os músculos dessa região fariam e o cérebro é muito esperto, quando tem alguém fazendo o serviço por ele, como a cinta faz, ele vai poupar energia e parar de trabalhar (recrutar os músculos).
  • O problema é que os músculos dessa região não possuem apenas a função estética. Vai bem mais além, são grandes responsáveis por estabilizar a região central do nosso corpo e a falha da ativação dessa região está fortemente associada com a dor lombar e, a dor lombar, também está ligada com a incontinência urinária, ou seja, seu uso pode trazer consequências desastrosas que serão observadas a médio e longo prazo.

Está provado que o uso da cinta pós-parto deve ser moderado e consciente, nunca utilizado como única garantia para obter um abdome sarado após a gravidez. Ao contrário do que as pessoas pensam, quanto mais tempo usarem a cinta, mais tempo demoram a recuperar a forma do corpo pré gravídico.

fisioterapeuta pélvica

 

ALESSANDRA SONEGO é especialista em saúde da mulher pelo HcFMUSP,  acupunturista e sócia e proprietária da clínica Athali Fisioterapia Pélvica Funcional

 

juliana

JULIANA THOMÉ é especialista em Reeducação Funcional da Postura e do Movimento pelo HCFMUSP, Mestranda em Neurociências e Comportamento pela Universidade de São Paulo e colaboradora da clínica Athali Fisioterapia Pélvica Funcional

 

Clique aqui para ver a ATHALI no Facebook

Clique aqui para ver a ATHALI no Instagram

 

POSTAGENS RELACIONADAS

nutricionista infantil
8 dicas para a criança comer melhor
October 26, 2017
pré natal
Mãe precisa de (MUITA) ajuda
August 28, 2016
empreendedorismo materno
A maternidade me transformou em uma profissional mais feliz
August 09, 2016
amamentacao
Curso Avançado em Amamentação
July 19, 2016
girl-797837_960_720
O verdadeiro tempo de cada criança
January 24, 2016
utineo
Perdi meu filho enquanto eu estava na UTI
January 21, 2016
professor
6 coisas que você NÃO deve dizer ao professor do seu filho
January 19, 2016
impossible
Feliz ANO NOVO!
December 31, 2015
2016
Retrospectiva 2015
December 26, 2015

24 Comentários

Pollyanna
Responder 31 de outubro de 2016

Eu tive minha pequena a cinco anos atras e agora estou grávida novamente, com 32 semanas. Infelizmente minha ginecologista não aceita mais plano de saúde e não é a mesma da primeira gravidez. Ela receitou uma tal cinta que não lembro o nome da marca e estou louca, tentando lembrar ou achar na minha casa. No meu caso foi ótima, ela colocou quando eu ainda estava dedada após a cesariana e me trouxe segurança, quando tirava pra tomar banho era uma dor insuportável, parecia que tudo ia despencar.. quando colocava aliviava, e conseguia cuidar da minha bebê sozinha

Camila
Responder 7 de outubro de 2016

O meu médico nunca e indicou a cinta. Fiz uma miomectomia em 2014. E quem me indicou foi a medica que o auxiliou na minha cirurgia. E graças a Deus que ela indicou, pois eu nao conseguia nem andar direito.
Acabei de ganhar nenem e depois de dois dias eu ja estava de cinta. Para mim ajudou muito e ainda ajuda. Principalmente na hora de colocar o bebe para arrotar.
Comprando o tamanho certo não tem nada de incomodo.

Léia
Responder 7 de outubro de 2016

Estou com 3 meses que tive meu bb. Minha medica não falou nada a respeito de cinta. Tentei usar dessas de colchetes e quase morri sem ar. Apertava a cirurgia e mal conseguia andar ou abaixar. Nao fiquei com barriga, e tbm nao sentia que a cinta segurava algo. Quando tirava a dor passava da cirurgia. Entao usei outra tipo essas calcinha. E me senti mto melhor. Ate porque segura do mesmo jeito que a cinta e sem sufocar ou sensação de ter as costelas quebradas. Usar cinta varia de mulhet pda mulher, e o que serve pra mim pode nao servir pra ti. O certo mesmobé fazer atividade para fortalecer a barriga. Isso sim vai dar resultado.

Andreia Rodrigues
Responder 6 de outubro de 2016

Bom tive tive as sduas experiencias, do meu menino engordei 28 kg nao conseguia usar a cinta me sentia apertada , a ho q tava no tamanho erraddo sei la mais colocava e ja tirava ate q desisti fiquei com uma pancinha parecendo q tava gravida sem estar ja dessa segunda vez insisti na sinta ja emagreci mais do q ganhei na gravidez a pancinha ssumiu estou mega b com meu corpo e tinha problemas de coluna nao tenho sentido dores pois melhorei a postura com uma sinta modeladora comum igual da outra vez porem em um tamanho um pouco maior q por sinal ja ta grande e tenho q comprar outra menos minha bebe esta com dois meses so eu aconselho sinta mais apartir de uma semama do bebe pra vc se adapta primeiro com o bebe depois aos poucos para se acostumais e depois direto pra ter resultado, e claro no tamanho certo pra nao sofrer.

cindy
Responder 4 de abril de 2016

tb sou adepta ao conforto. E quero comprar uma calcinha confortável, pensando no uso com o absorvente pós parto. Qual modelo você usou?

giselda
Responder 12 de janeiro de 2016

Onde posso encontrar a calcinha pós parto?

    Heloisa
    Responder 13 de janeiro de 2017

    Eu comprei da Plié. Eles vendem no site da marca. Ela é ótima.

Verônica
Responder 12 de janeiro de 2016

Na primeira gestação eu engordei muito (21 kgs), esperava por um parto normal, mas infelizmente na ultima hora soube que isso não seria possivel. Ao chegar em casa tentei colocar a cinta, mas sentia muito desconforto e logo tirei. Como não encontrei a calcinha pós parto para comprar a opção foi uma espécie de calcinha modeladora, que não me machucava nem apertava, mas me deu muita segurança quanto a cirurgia.
já na segunda gestação (também tive que fazer cesária) levei o mesmo modelo de calcinhas pro hospital, o que me ajudou muito.
Da primeira vez eu levei mais tempo pra emagrecer e dos 21 quilos só perdi 16, já na segunda, no primeiro mês já havia perdido todos os 10 quilos que "ganhei" ao longo das 37 semanas.

Marilice
Responder 11 de janeiro de 2016

Eu usei a cinta nos meus dois pós-parto e me sentí muito mais segura!
Creio que as que se referem à dor, não tenham usado uma cinta de tamanho adequado e nem de boa qualidade! O objetivo da cinta não é faZer ninguém emagrecer, mas sim proporcionar conforto e segurança!

    Thaise Pregnolatto
    Responder 11 de janeiro de 2016

    O problema é que esse "conforto e segurança" são falsos, né? Uma vez que os estudos todos apontam para uma existência maior de riscos do que de benefícios. Bjs.

Paula
Responder 11 de janeiro de 2016

Usei a cinta e me dancei!!!
Tive um problema seríssimo na coluna, segundo minha físico dói acarretando pelo uso da cinta que desestímulo os músculos da lombar!!!

Thiane Gutierrez
Responder 10 de janeiro de 2016

Usei sinta, no meu primeiro parto,
Com 15 dias já não tinha aquela barriga, parecendo q tinha 6 meses...
Usei também no meu segundo , e hj nem parece q tenho dois filhos. Pelo menos é o q TDs falam...
Usem sim, vale a pena o desconforto.
Depois acostuma, e VC vai ficar sem barriga ...

    Thaise Pregnolatto
    Responder 11 de janeiro de 2016

    Os órgãos não voltam automaticamente para o lugar que o bebê ocupava. De qualquer forma, a retomada do corpo antes de gravidez não está ligada ao uso da cinta (muito pelo contrário, segundo os estudos) e sim à fatores como genética e amamentação. Bjs

Li
Responder 8 de janeiro de 2016

Usei a cinta no dia seguinte q tive meu filho, amei não me arrependo usaria de novo, me senti mais segura, mais isso acho q vai de cada mulher , com 15 dias estava com meu corpo normal e sem barrigA!!!

    Thaise Pregnolatto
    Responder 11 de janeiro de 2016

    A sensação vai sim de casa mulher. Tem gente realmente que não se incomoda com coisas apertadas. Mas os estudos mostram que a cinta é muito mais vilã do que mocinha na questão da saúde. Bjs

Lorrany
Responder 1 de novembro de 2015

Eu gastei meu dinheiro atoa, como ouvia todo mundo falar fui e comprei logo duas.. Me FERREI, não consegui ter parto normal e teve que ser cesária.. O primeiro dia que coloquei a cinta tirei em 10 min, me incomodou, doeu meus pontos e não senti aquela "segurança" que todos diziam. Parei de usar e hoje 1 mes depois do meu parto eu já to mais magra que tava antes e não precisei usar cinta.. A flacidez existe ainda sim, mas são ossos do oficio, mas que também ja ta voltando ao normal aos poucos.. Mulheres entendam, a gravidez é uma transformação tao intensa que como em 15 dias vai voltar a ser o que mudou durante nove meses, se 10% das mulheres entendessem o que realmente é uma gestação, com certeza teríamos menos questionamentos e "métodos" milaborantes. Resumindo, gastei dinheiro atoa com a tal da cinta.

Tatiane Bittencourt
Responder 1 de novembro de 2015

Minha bebê está com 3 meses e desde o mês passado ja estou com meu corpo de antes de engravidar. Não usei a cinta. Meu próprio médico recomendou não usar. Usei as calcinhas pós parto. Muito confortáveis. A preocupação maior era em ensinar minha princesa a mamar ????

Katerine
Responder 17 de outubro de 2015

Realmente, não usei e não me arrependo. Meu médico me disse que não existem comprovações de nenhum benefício. Além do mais, acho que não precisamos de nenhuma dor a mais do que a que já sentimos depois de um parto! Socorro !!!!!

Daniela Maria
Responder 17 de outubro de 2015

Moro em São Luís - MA e aqui, pra mim, foi insustentável manter a cinta por mais de 5 dias... Ah não! E aquilo não é de Deus, minha gente! Aperta até a tua alma...credo!

cecilia
Responder 2 de outubro de 2015

Minha médica indicou a cinta sim, porém que eu usasse ela grande, iniciei com uma g e fui diminuindo aos poucos! Em 4 semanas já estava com meu corpo normal. Senti muito mais segura ao levantar, amamentar e pegar os meus filhos no colo.

Simone
Responder 1 de outubro de 2015

Usei a cinta após o parto do meu primeiro filho e com certeza vou usar novamente, detesto as calcinhas altas pq ficam enrolando (sou gordinha) e acho que o elástico da perna prende a circulação. Escolhi um modelo de cinta usado no pós cirurgia plástica, daquelas que vão de abaixo do seio até o joelho, é muito confortável, pelo menos pra mim foi excelente.

Melina Tonon
Responder 1 de outubro de 2015

Depois da minha cesariana, minha médica cobrou o uso da cinta nos dois dias que passou visita na maternidade. O fato é que a cinta que tinha comprado não entrava. Foi comprado outros dois produtos pra substituí-la. No dia que saí da maternidade consegui pôr uma calcinha de cintura alta e média compressão da marca Liz. Uma semana depois consegui vestir a cinta pós parto da Pliê, e hoje um mês pós-parto continuo usando ela. É super confortável. Sou do time pró-cinta, pq ela me deu muita segurança e me senti infinitamente melhor com ela. Acho que o segredo é achar o produto certo. A cinta da Pliê é essa aqui: http://mlb-s1-p.mlstatic.com/cinta-forte-compresso-aperta-barriga-pos-parto-plie-606001-MLB20258432464_032015-O.jpg

Espero ajudar quem está entrando agora nesse dilema. Beijos

Joyce
Responder 1 de outubro de 2015

Ainda bem que so comecei a usar sempre quando melhorei dos pontos. Isso eh muito desconfortável. Nao gosto de nada me apertando. Sutiã só uso quando vou sair. E eh péssimo. Amo ficar a vontade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com "*"