Como montar o quarto de bebê


Recebo muitas mensagens me perguntando como montar o quarto do bebê. Eu não sei. Eu posso contar a história de como montamos o quarto do nosso último bebê, já com a experiência de pais de segunda viagem =)

Nosso apartamento tem 3 quartos. Isso quer dizer que naturalmente um é meu e do Gustavo, o outro da Catarina e o último, da Aurora. Logo que mudamos, instalamos a Catarina no quarto maior e deixamos o menor para o “futuro bebê” – que posteriormente acabou sendo a Lola.

Não montamos o quarto da Catarina logo de cara por uma série de motivos. Ela ficou com uma bicama e o guarda-roupa no quarto dela por vários meses, até que achamos a cama dos sonhos. Uma casinha alta, com colchão de tamanho adulto (ela é espaçosa), uma cabaninha embaixo e um escorregador para descer da cama. Eu, de Humanas, sem a menor noção espacial na vida e grávida (a gente perde muitos neurônios, acredite), medi a parede e fiquei feliz da vida ao constatar que a cama cabia.

No meio tempo, comprei os móveis do quarto da Aurora usando as medidas daquele quarto que havíamos deixado para ela antes mesmo que eu ficasse grávida. Fiquei semanas escolhendo, pensando, medindo.

Aí chegou a cama da Catarina e…surpresa: a tchonga aqui não mediu a profundidade e, apesar da cama caber, ela impedia a entrada de qualquer adulto no quarto da Catarina.

OOOOOOPS!

Não dava mais para devolver a cama porque, a essas alturas, a criança estava encantada com o “brinquedo” novo. Descobrimos que a cama da Catarina cabia no quarto do Aurora. Mudamos a primogênita de quarto. Problema um resolvido.

Segundo problema: colocar todos os móveis que eu havia comprado basicamente sob medida para o outro quarto. Tentamos de todas as maneiras. De verdade. Nada dava certo, nada ficava bom. Tudo tinha cara de improvisado, de amador. De coisas jogadas que não se combinavam lá dentro. Eu não gosto disso. Gosto de equilíbrio, coisas combinando.

Foi nessa hora que decidi que precisava de ajuda e em um dos muitos grupos de mães empreendedoras, encontrei a Arquiteta Grazi Negrelli. Nunca havia contratado uma arquiteta – simplesmente porque eu sempre achei que seria absurdamente caro. Mas a Grazi logo me explicou que havia uma série de tipos de atendimento que ela fazia e que conseguiria me atender do jeito que eu precisasse, dentro do meu orçamento.

Acho que nos demos bem desde o primeiro dia. Conversamos MUITO. Mandei por e-mail as fotos do quarto que seria o quarto do bebê. Eu odeio não gosto do mobiliário desse quarto – ele tem cara de 1982 -mas daria um trabalho insano trocar – e eu não tinha tempo já que fui começar a mexer no quarto com uns belos 7 meses de gravidez. Segundo filho, né? hahahaha

Ela não precisou pisar aqui NENHUMA VEZ. Na verdade, nós nem nos conhecemos pessoalmente. A primeira análise dela, logo depois de eu falar ad infinitum sobre tudo o que eu gostava e o que eu não gostava no quarto, foi das medidas, das fotos do quarto e das fotos dos móveis.

anexos

Só para vocês terem uma ideia dos emails que eu mandava para a Grazi! hahahaha Buchas e mais buchas

Vamos aos fatos e às fotos. O quarto da Aurora era isso aqui antes da Grazi:

A Grazi fez vários projetos. Me sugeriu várias maneiras de montar o quarto, considerando minhas prioridades mas também coisas que nem me ocorriam como circulação, facilidade em tirar o bebê do berço e trocar, em trazer do banheiro etc Recebia os vídeos pelo whatsapp, ela abria os projetinhos e ia me explicando tudo o que pensou, detalhe a detalhe. Íamos conversando e ela ia ajustando.

quarto de bebÊ

O Gustavo (e a Catarina! hahaha) comandaram 99% das obras:

criança pintando

 

Muita coisa, mas muita mesmo, foi aproveitada do antigo quarto da Catarina:

10583828_10204621733283770_3862602369828370363_n

 

Até que ficou assim:

 

 

Esqueci de mostrar como ficou o armário embutido atrás da porta do quarto sem esse adesivão horrível. Vou mostrar no Stories do instagram mais tarde.

 

Eu amei. Era muito mais do que eu imaginava. E ficou extremamente funcional: não trombamos nas coisas e tudo o que precisamos está sempre ao alcance da mão. Aproveitei muitas coisas da Catarina, economizei demais… valeu muito a pena e, por isso, recomendo MUITO o trabalho da Grazi. Acho que ela fez um pequeno milagre naquele quarto feio.

quarto de bebÊ apartamento

Como sempre, priorizamos MUITO o empreendedorismo materno. A Grazi é mãe, assim como a maioria esmagadora dos fornecedores do quartinho. Além dela ter me indicado tudo dentro do orçamento que eu pedi (ao contrário do que reza o comentário popular, o arquiteto não vai te indicar só coisa cara), o investimento na consultoria dela supervale, porque a economia acaba sendo muito maior…

mães empreendedoras

Quarto da Aurora – referências

Projeto: GNegrelli Arquitetura e Interiores
Arqª Graziela Negrelli
Telefone: 11 976036382
E-mail: gnegrelli.arq@gmail.com

Realização: Papai Gustavo. Tudo, menos o papel de parede. Tem váááárias fotos das obras lá no instagram.

Móveis: Grão de Gente
Berço e colchão
Cômoda
Poltrona de Amamentação

Estante com cabideiro: Meu móvel de madeira

Adesivo de Parede: Árvore
Foi muito fácil de aplicar. Eu e o Gustavo que aplicamos!

Kit berço: Ateliê Plá Kiança

Trocador + apoio bebê rolinho

Instalação do Papel de Parede: Valdecir 11-971756908

Papel de parede Infantário Bobinex (o papel de parede superior)

Papel de parede inferior: não guardei a referência. É um quadriculado delicadíssimo. Ver no vídeo.

Tinta da parede: Brilho solar – cobertura acetinada – Tintas Coral

 

 

POSTAGENS RELACIONADAS

1 quarto para 2 crianças
September 06, 2016
Choro-da-Madrugada
7 motivos pelos quais os bebês choram à noite
August 29, 2015

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com "*"