Muita sinusite para uma pessoa tão pequena


Oie!

 

Da última vez que consegui escrever, contei para vocês que eu estava doente há umas 3 semanas e que havia acabado de começar a tomar o antibiótico. Estava com fé que eu ia melhorar.

A verdade é que no carnaval eu piorei tanto, mas tanto, que precisei ser internada. Fiquei quase uma semana tomando sopinha no hospital (ninguém merece). Fiquei desidratada, não conseguia segurar nada no estômago e cheguei ao cúmulo de precisar de fraldas uns 3 ou 4 dias.

Quando eu falo que a gravidez zera a dignidade das pessoas, ainda tem gente que briga comigo! hahahahaha

Bom, saí do hospital e ainda fiquei de repouso em casa (risos mentais: quem tem filho pequeno sabe que repouso é meramente uma ilusão) outra semana. Fui melhorando, ficando mais forte e voltei a trabalhar.

2 semanas fora, trabalho acumulado, festa da cria (foi lindaaaaa, apesar do caos que veio antes dela) e a vida foi voltando ao normal de novo. Mas meu nariz só aguentou uma semaninha de tranco. Estou péssima de novo, apesar de estar sem febre e de jeito nenhum ruim como antes. Estou tentando controlar na inalação, no (quase nada) que pode de anti-inflamatórios e pretendo chorar minhas pitangas para a minha obstetra essa semana hahahaha Só não posso chorar muito porque entope tudo de novo.

Acho que chegou a hora de voltar a um bom alergologista. É incrível a proporção que nossas alergias tomam quando estamos grávidas. Minhas picadas de inseto e minha sinusite, tal qual foi na gravidez da Catarina, estão absolutamente fora de controle. E por isso estou na lerdeza por aqui, no Facebook, no instagram. Além do trabalho acumulado, eu tenho me sentido MAL. Quem já teve sinusite, sabe como é. Parece que passou um trator em cima de mim, que a minha cabeça vai cair para frente de tanto que pesa, que o nariz vai explodir em chamas.

Quero contar tudo, da festa da Catarina ao quarto da Aurora. Mas olha….QUE FAAAAAAAAAAAASE.

Não desistam de mim. Eu estou aqui, jogada no sofá mais próximo, mas estou aqui.

Beijocas,

Ise.

POSTAGENS RELACIONADAS

Arquivo24
Ensaio Gestante
September 26, 2017
sintomas gravidez
10 sintomas estranhos na gravidez
May 21, 2017
choro
10 motivos legítimos para uma grávida chorar
February 15, 2017
feminismo
Empatia
December 17, 2016
gravida
Gravidez é uma m…!
December 10, 2016
ensaiofamilia8
Porque quero ter mais filhos
August 11, 2016
homemgravido
Pai também pode ficar “grávido”!
May 16, 2016

1 Comentários

Fernanda
Responder 27 de março de 2017

Olá! Apesar de não ter filhos, estou na fase de planejar a futura prole e gosto mto das suas postagens. E tenho acompanhado um pouco seu sofrimento. Sou médica anestesista e acabando minha formação em acupuntura. Deixo aqui a sugestão para você de procurar um bom médico acupunturista. Em SP existem vários muito bons! Acredito que irá ajudar e muito nesses sintomas que vem sentindo. Melhoras!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com "*"